Assinatura RSS

Os tratamentos alérgicos


AlergiaEspirros, coriza, garganta irritada, dificuldade para respirar, dores de cabeça e muitos outros sintomas alérgicos atrapalham, e muito, o seu dia-a-dia, não é? Você sabia que as alergias afetam a sua qualidade de vida? Se não forem devidamente tratadas podem acabar trazendo sérios e diversos prejuízos, como a dificuldade de concentração, diminuição na capacidade de aprendizado, insônia, halitose e até mesmo problemas ortodônticos. Além de que elas podem te fazer sentir cansaço, indisposição e esgotamento.

Para buscar soluções, primeiramente é muito importante tentar identificar o que lhe causa alergia, perceber os primeiros sinais. A partir disso, é imprescindível consultar um médico especialista e buscar o tratamento adequado. Nada de tomar remédios por conta própria ou por indicação. E nem pense em ficar achando que tem “apenas um resfriado”, em alguns casos, porque o problema pode ir muito mais além. Até mesmo a apneia do sono, a asma, ou problemas de pele como eczema e urticária podem resultar da falta de tratamento de algumas alergias. Então, se não tomar o devido cuidado e tratamento com essas alergias, as consequências podem ser muito mais sérias do que se imagina.

Uma tentativa de acabar com esse problema, que incomoda a maioria das pessoas, é a realização de testes de alergia, com a devida indicação de um médico. São muitos os testes que temos hoje em dia. Os por escarificação ou puntura resultam na aplicação de gotas diluídas do alérgeno suspeito na pele da pessoa e permite testar vários tipos de alergia de uma só vez. Já os intradérmicos são mais precisos, mais sensíveis e uma pequena quantidade do alérgeno irritante é aplicada sob a pele do individuo. Há, também, os testes de contato, nos quais adesivos com os possíveis alérgenos são colocados nas costas do paciente. E os sanguíneos (RAST) que medem a quantidade de anticorpos IgE (hyperlink) produzida pelo corpo como resultado da exposição a um alérgeno. No desencadeamento alimentar controlado duplo-cego o paciente ingere cápsulas de gel, onde as proteínas dos alimentos são escondidas, para testar suas reações.

É bom lembrar que, apesar da grande efetividade dos testes, alguns deles podem apresentar resultados enganosos. É preciso interpretar esses resultados juntamente com o histórico da pessoa testada. Alguns dos testes de alergia questionáveis quanto a sua efetividade:

Teste citotóxico: é um teste caro e questionável, pois ele pode apresentar um resultado negativo se o alimento não foi ingerido recentemente, além da habilidade do técnico que o avalia poder interferir na precisão do teste.
Cinesiologia aplicada: resulta na análise do examinador quanto a resposta muscular do paciente. Ao colocar o alérgeno na mão do paciente se têm o resultado da alergia. O examinador consegue empurrar o braço da pessoa para baixo com pouca resistência se a pessoas for alérgica. Se não, o examinador terá grandes dificuldades de empurrá-lo para baixo.
Teste do pulso: Após expor o paciente a um alérgeno específico mede-se a frequência cardíaca do mesmo.
Teste de provocação-neutralização: são aplicadas doses crescentes de um alérgeno na língua da pessoa para analisar as reações. Posteriormente as mesmas são diminuídas, esperando-se o desaparcimento dos sintomas.

A única maneira de diminuir, por um tempo maior, a sensibilidade perante alérgenos é a imunoterapia ou vacinação antialérgica. A partir dela seu corpo se torna mais tolerante a esse alérgeno e, com isso, menos sintomas são apresentados. Pacientes com rinite têm uma melhora muito significativa através dessa interferência.

Portanto, para acabar com as suas suspeitas ou reais alergias, consulte um médico e procure o tratamento que seja mais adequado para as suas reações.

Anúncios

Sobre Fernanda Camargo

Jornalista

»

  1. Fê…adorei essa matéria!!! fiz várias correlações com os animaizinhos rsrs
    Parabéns para todos… e q esse bolg seja cada dia mais conhecido!!!
    bjinhosss

    Responder
  2. Muito interessante as matérias do site!!
    Principalmente essa de alergia,pois sou BEM alergica,ha e adorei as dicas dos testes!!
    Parebens pelas matérias bem explicativas!!

    Responder
  3. Gostei muito desta matéria. Foram ótimas informações sobre o assunto e quais os tratamentos. Eu mesma faço o tratamento com as vacinas, sint muita diferença. Achei bem bacana encontrar mais detalhes aqui.
    Parabéns pelo blog e pelas matérias.
    Bjoo

    Responder
  4. Adoreiii as matérias!!!
    Muito interessante Fê…
    vou viciar aqui….rs
    beijosssss

    Responder
  5. Parabens pelo blog, gostei muito de todas as materias!
    Vou indicar para mais gente! beijos

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: