Assinatura RSS

O peso das maxibolsas para o seu corpo

Maxibolsas
Maxibolsas

Bolsa de mulher, principalmente essas ENORMES que a moda inseriu no mercado, tem de tudo: carteira, celular, maquiagem, perfume, agenda, enfim, inúmeros objetos que serão, ou não, úteis no decorrer do dia. E o grande perigo que se esconde aí é o PESO delas para o corpo. Especialistas recomendam que a bolsa a ser carregada não deva pesar mais do que 10% da massa corpórea da pessoa. Porém, em meio às necessidades de utilização desses objetos, as mulheres acabam não pensando nas consequências e os deixam em suas bolsas.

Visto que a maioria delas é carregada em um só ombro, o peso dos objetos se concentra em apenas um lado do corpo, o que pode provocar uma sobrecarga desproporcional e causar dores nos ombros e em outras regiões. De acordo com a fisioterapeuta Lucélia Amaral, “além das dores nos ombros, a região da cervical também acaba sendo prejudicada e o que era apenas uma dor se torna algo muito mais complicado do que o imaginado, como um desvio de coluna”. Por causa do excesso de peso, dos movimentos repetitivos e da falta de exercícios compensatórios a pessoa pode adquirir escoliose, lordose, cifose, entre outros.

Desvios da Coluna
Desvios da Coluna

Algumas dicas:

  • Primeiramente, verificar se os objetos que você irá colocar em sua bolsa são realmente úteis no seu dia. Se não, escolher os que forem necessários;
  • Procurar alternar entre os ombros a bolsa para uma sustentação melhor. Evitar carregá-la de um só lado;
  • Se possível, optar por bolsas que possuem alças transversais;
  • Utilizar embalagens pequenas no que diz respeito aos produtos de higiene, de forma a economizar espaço e diminuir o peso da bolsa.

E lembrem-se, ao sentir dores, não as ignore. Procure um médico especializado.

Abaixo uma reportagem sobre o uso das bolsas grandes e os malefícios do seu peso.

Problemas causados pelo salto alto

Eu sei que toda mulher deve ter pelo menos um sapato de salto alto dentro de seu guarda-roupa. Confesso que tenho não só um, mas alguns, mas posso garantir que é muito pouco em relação a quantidade que muitas mulheres,vejam bem, estou falando da grande maioria das mulheres do mundo. É completamente um vício, mais considerado uma paixão por elas. Elas porque sinceramente não me considero nesse quadro, já que não sou consumidora árdua de sapatos.

Acredito que todas saibam de verdade, do quanto que o sapato alto prejudica a mulher, caso seja usado constantemente. Acredito também que o salto alto dá sim um charme e elegância a mais, nos deixando com cara de “mulher fatal”. Mas estou aqui para passar uma informação séria e que precisa ter a atenção merecida.

PROBLEMAS

O uso constante do salto pode fazer com que a mulher mude o eixo de gravidade para frente, diminuindo a base de apoio para os dedos dos pés, o que pode causar o encurtamento nos músculos da panturrilha (batata da perna), tendinite, fraqueza muscular, ruptura de ligamentos, entorse (virada de pé), esporões de calcâneos e tornozelos, além de lordose lombar, dores nos joelhos, calosidade, joanetes e unhas encravadas, caso o sapato tenha bico fino. Com o tempo, outros problemas também podem surgir, como problemas no quadril, gerando deformidades e artrose dos ossos, descontrole postural, desequilíbrio e mudanças na marcha, causando quedas.

O que acontece hoje, é que apesar de nós escutarmos muita gente dizer “o salto alto dá problema”, nunca tomamos precauções para evitar os problemas. Tudo porque a vaidade supera completamente o medo. “Sinto dor no pé e no pescoço quando fico muito de salto, vou para a balada. Sei que é verdade, que pode causar problemas. Tenho medo de ter alguma coisa, mas não deixo de usar”, diz a jovem de 19 anos Carla Santos.

DICA

De acordo com a Revista Marie Claire, para se sentir bem sempre, a melhor receita é intercalar o uso de sapatos de salto alto e de sola plana, assim a musculatura da perna fica em um estágio intermediário – quem guarda os saltos apenas para ocasiões especiais geralmente termina a festa carregando os sapatos na mão.

Bom, fica aqui a dica. Espero que apesar da resistência ao salto baixo, vocês possam usá-los, pelo menos, de vem em quando.

A má postura

Postura. Esta é uma velha conhecida dos seres humanos e prejudica muito a todos que não tentam corrigi-la. Muitas pessoas tem de dores no corpo, principalmente nas costas, e somente depois de algum tempo percebem que sua postura estava errada e esta era a grande responsável por suas dores. Podendo causa várias lesões, é imprescindível que todos cuidem de sua postura, independente de onde seja, seja no trabalho ou em casa descansando no sofá. A educação postural é que deve acontecer desde a infância para prevenir futuros problemas.

Segundo o Dr. Mauro Bosi, ortopedista do Fusame – Hospital Municipal de Americana, interior de São Paulo, em entrevista para o site Boa Saúde, para ter uma postura correta é  necessário  praticar atividade física regularmente e corrigir sempre a postura nas atividades diárias, mantendo a coluna reta o tempo todo para que assim não ocasione lesões ou dores musculares. Existem ainda três desvios na coluna: a escoliose, a cifose e a lordose, podendo ser desvios provocados por má postura ou por genética. Os desvios são problemas físicos que podem ser tratados com fisioterapia, coletes, ou, quando há necessidade, com tratamento cirúrgico.

No inicio, a má postura levará apenas a dores musculares, provocando pequenas lesões, mas com o passar do tempo o desvio pode ser irreversível, como no caso dos idosos que, por causa da idade, tem maiores problemas com dificuldades relacionadas a coluna. Hoje, todas as pessoas tem consciência do mal que a postura incorreta faz para o nosso corpo, mas tem uma dificuldade tremenda em corrigi-la. Se o médico for procurado ou até mesmo um professor de academia que faça avaliações físicas, eles poderão corrigir seu problema e ajudar para que essa correção seja feita da maneira mais fácil e menos dolorida. É difícil? Sim, muito! Afinal, estaremos corrigindo costumes e hábitos, mas nada que um esforço a mais não ajude e traga benefícios enormes para sua saúde hoje e daqui a alguns anos.

Pratique a Corrida!

Quer um exercício simples, que se faz em qualquer lugar e que causa um efeito superpositivo? Então, não há nada melhor do que uns bons minutos de corrida por dia.  Pois é, nada de desânimo ou de cara feia. Para correr você não precisa comprar equipamentos e nem ir para um lugar específico. É simplesmente sair de casa e acelerar bem o passo, quando você menos esperar, em alguns dias, você já vai está correndo do início ao fim.

Tudo o que um principiante precisa: um par de tênis e uma roupa adequada. No caso de mulheres, um sutiã firme ou um top e ainda um elástico para prender os cabelos. Tendo isso, você já está pronto para dar sua corridinha diariamente.

Então vamos aos benefícios que a corrida proporciona:

Reduz o peso corporal – A corrida está no topo da lista dos exercícios que mais queimam calorias. De acordo com o site bhserviços a média da perda calórica é de 500 calorias por hora.

Previne doenças – Há benefícios comprovados em relação à osteoporose, ao risco de doenças cardíacas, câncer de ovário ou de mama, distúrbios do sono e até mesmo a respeito do controle de disfunção erétil.  Quem corre mantém o organismo ativo e não deixa que uma série de mecanismos metabólicos enferruje.

Melhora a auto-estima – A corrida com que você se supere a cada dia. Isso faz com que aumente a sua autoconfiança e a disciplina.

Aumenta o condicionamento físico – A musculatura dessa região é bem solicitada durante a corrida. Resultado: coxas firmes e panturrilhas trabalhadas, além de os pulmões também serem muito exigidos, e com o tempo você acaba tendo mais fôlego.

Exercita a cabeça – Uma pesquisa recente indicou que a corrida regular gera uma melhora significativa da memória e de outras habilidades mentais, conhecidas como funções cognitivas

Diminui o estresse e melhora a depressão

Algumas dicas:

– 15 minutos antes da corrida o ideal é que você coma alimentos ricos em carboidratos para te dar bastante energia, mas que não sejam pesados. Coma frutas como: banana, maçã ou mamão.

– Inicialmente comece com caminhadas leves a moderadas que irão sofrer aumento no ritmo das passadas com o tempo. Depois de um tempo, corra durante alguns minutos e depois volte ao ritmo da caminhada.

– O tempo de corrida varia de cada pessoa. O importante é que não ultrapasse seu limite. O ideal é que se façam sessões de 30 a 45 minutos, de 3 a 4 vezes por semana.

– Cuidado com respiração, você vai precisar inspirar muito oxigênio, portanto, não esqueça de respirar corretamente, inspirar pelo nariz e expirar pela boca.

– Alongar-se é muito importante para evitar lesões. E também beber bastante água, para manter-se hidratado.

Bom, agora você já sabe de tudo o que precisa para começar a praticar a corrida. São muitos benefícios.  Então comece a correr, você vai perceber a diferença já em dois meses.

Mais que um mero esporte

 

Há muito tempo atrás, na Grécia Antiga, a natação já era praticada como um esporte que auxiliava muito no desenvolvimento do corpo humano. A natação nessa época era praticada um pouco diferente do que assistimos nos dias de hoje, ou seja, quase não tinha gregas e o nado era em sua maioria, livre.

No século XIX, foram implantadas pelos ingleses algumas regras básicas para o nado, tais como as modalidades (crawl, borboleta, peito e costas), o tempo para a competição, a medida oficial da piscina (30 metros de comprimento por 22,5 centímetros de largura), a profundidade (mais de 1,35 metros) entre outras regras.

A natação é considerada pelos atletas e médicos, como o esporte mais completo para o nosso sistema. Esse esporte é aconselhado para o tratamento de diversas doenças respiratórias, cardíacas e vasculares.

Com todos esses benefícios, você ainda pode se perguntar: A natação emagrece?

As calorias são queimadas pelo tempo de nado. Segundo o professor de natação César Andrade Sousa, um bom treino ajuda não só a perder caloria mais traz muitas vantagens à saúde “dependendo do treino pode-se emagrecer. Porém a boa forma se proporciona pelos vários benefícios desse esporte” diz César.

Para Isabela Moraes, a natação ajudou muito na sua postura “eu tinha muita dor na coluna devido a minha postura, e com a natação observei muitos benefícios não só na parte postural, mas na respiração também” diz ela.

 

O que a natação acrescenta à saúde?

 

-Proporciona maior força muscular

-Otimiza a resistência dos músculos

-Aumenta ou melhora a flexibilidade

-Proporciona maior proteção contra lesões

-Diminui a frequência cardíaca do repouso

-Aumenta a capacidade de usar gordura como fonte energética

-Auxilia na queima de calorias em excesso

-Previne a obesidade na terceira idade

-Melhora a postura corporal

-Proporciona maior energia nas atividades diárias

(Tabela retirada do site saudebh.com)

 

Modalidades Olímpicas de Natação 

– 50 metros Crawl (nado livre) 
– 100 metros Crawl (nado livre)
– 200 metros Crawl (nado livre)
– 400 metros Crawl (nado livre)
– 800 metros Crawl (nado livre) * somente feminino
– 1500 metros Crawl (nado livre) *somente masculino
– 100 metros costas 
– 200 metros costas 
– 100 metros peito 
– 200 metros peito 
– 100 metros borboleta 
– 200 metros borboleta 
– 200 metros medley 
– 400 metros medley 
– Revezamentos 4 x 100 metros livres 
– Revezamentos 4 x 200 metros livres 
– Revezamentos 4 x 100 metros estilos

 (Tabela retirada do site suapesquisa.com)

Spinning: detonador de calorias

Spinning: detonador de calorias

As aulas lotam com a mesma velocidade com que os praticantes firam o pedal. O por que de tanto sucesso? É simples! O Spinning te ajuda a queimar muitas calorias, melhora sua Resistencia e respiração de uma maneira empolgada e divertida. A maioria das pessoas não gosta de fazer spinning porque pensa que a aula força os joelhos e pode ocasionar lesões, mas o que poucos sabem é que se o posicionamento na bike for feito de maneira correta, o treinamento será seguro e eficiente.”A aula de Spinning é perfeita para quem deseja queimar muitas calorias e perder alguns quilos e, sendo feita de maneira correta, ainda traz qualidade para seu dia a dia.” – Felipe Franco, personal trainer da academia Moviment.

A modalidade foi criada nos Estados Unidos, em 1995, pelo ciclista sul-africano Johnny G. Desde então, se tornou sucesso absoluto: 25% dos horários nas academias são para aulas de spinning. A procura é tão grande que em alguns locais, como na academia Rush Sports na zona norte de São Paulo, é preciso senha para garantir vaga na aula. Tudo isso porque, além de não exigir coordenação motora, é uma destruidora de calorias. Testes feitos pela professora Vivi Motta, da Cia. Athletica, com profissionais do Laboratório de Metabolismo da Universidade de São Paulo (USP), comprovam que em uma hora de spinning, as mulheres chegam a gastar 570 calorias e os homens podem perder 870.

Atitudes simples e muito eficientes podem melhorar o desempenho e proporcionar maior segurança durante a aula, como usar o frequencimetro para monitorar a frequência cardíaca durante a atividade física, calçar sapatilha especial, a mesma usada por ciclistas profissionais, respeitar o cronograma das aulas mantendo a periodização imposta pelo professor. Mas o essencial é se esforçar e estar sempre presente, sem esquecer da garrafinha de água e de manter uma toalha por perto.

Dicas importantes:

É essencial controlar a freqüência cardíaca para medir o esforço durante o exercício;

  • Identifique a sua zona de F.C. de treinamento e respeite-a, pois podem existir diferentes níveis de condicionamento e adaptação dentro da mesma classe;
  • Tenha sempre uma garrafa de água e uma toalha por perto;
  • Ajuste adequadamente a altura do selim;
  • Ajuste a altura do guidão;
  • Ajuste o firma pé;
  • Conheça o sistema de frenagem;
  • Prenda os cadarços dos tênis;
  • Cuidado com a postura;
  • Use um tênis de cano baixo e sola reforçada na parte anterior;
  • Use roupas justas e confortáveis e de preferência bermudas alcochoadas, especiais para aulas de ciclismo;
  • Se for sua primeira aula, avise o professor para que ele lhe oriente;
  • Limpe a sua bicicleta após o uso;
  • Chegue 10 minutos antes da aula;
  • Faça pelo menos duas aulas por semana, para obter resultados satisfatórios;
  • Respeite as orientações dadas pelo professor;
  • Nunca tire os pés dos pedais sem antes parar de pedalar.
  • As aulas de Spinning são divertidas e simples. Experimente!

    Informações tiradas do site http://boaforma.abril.com.br

    Boxe, Jab neles!

    Não sei o que pensam sobre este esporte, que de primeira para quem não conhece parece ser violento. Não! O boxe não é violento, e é um dos esportes que mais auxilia na queima de calorias.

    O boxe é um esporte que exige muita disciplina, garra e vontade. Exige movimentação, reação, defesa, esquiva e o ataque. Para ter sucesso é preciso atacar e mantendo a defesa, pois se você se defender demais estará fugindo da luta. E se atacar sem se resguardar, quem perde é você.

    No boxe existem 5 principais golpes:

    • Jab ou jabe ( golpe mais conhecido): Golpe frontal com o punho que está a frente na guarda. Embora seja geralmente usado para afastar o oponente ou para medir a distancia, ele pode nocautear;
    • Direto: Golpe frontal com o punho que está atrás na guarda. É um golpe muito rápido e forte;
    • Cruzado : Tão potente quanto o direto, mais o alvo é a lateral da cabeça do adversário. O cruzado termina seu movimento com o braço flexionado, diferentemente do direto;
    • Hook ou gancho: Atinge a lateral, cabeça ou abdome, dificultanto a defesa do oponente. Diferente do golpe cruzado pela distância que é aplicado, próximo e contornando a guarda adversária;
    • Uppercut: Golpe de baixo para cima visando atingir o queixo do oponente.

    No boxe é necessário saber aplicar a força na hora certa, tendo também que economizá-la para não cansar. O boxe é como um jogo de cartas, só pode se jogar o que tem na mão.

    Um lutador de boxe deve treinar sempre, para melhorar a cada dia, e estar sempre no topo. O boxe  não depende só de genética. Claro que nunca vão te colocar para lutar com alguém que não esteja em seus níveis de peso e altura.  A luta ocorre contra pesos, onde você pode desenvolver suas habilidades e se tornar um grande boxeador.

    Tem que treinar pesado, com vontade . Também tem que comer certo, uma alimentação balanceada, e uma suplementação adequada, para um equilíbrio de forças durante o treino.Não pode haver fraqueza durante o treino, pois é sinal de desmotivação.

    – Benefícios do boxe:

    • Oferece condicionamento físico muscular e cardiovascular
    • Melhora a coordenação motora e a percepção do tempo e do espaço.
    • Aprimora a coragem e a perseverança da pessoa.
    • Gasto calórico de aproximadamente 1.000 Kcal em 1 hora e meia de aula.

    – Riscos/cuidados do boxe

    Se praticado com as devidas proteções (para a boca, a cabeça, as mãos, as genitais e os seios), o boxe oferece poucos riscos.

    Materiais/vestimenta/equipamentos para o boxe:

    • Luvas: as pequenas são mais leves, portanto têm o objetivo de dar velocidade ao movimento e refinar a técnica do lutador. As luvas maiores são mais pesadas, porém com bastante enchimento para amortecer o impacto do soco no seu oponente e causar menos estragos.
    • Ataduras: são essenciais para envolver as mãos e protegê-las. As ataduras seguram os ossos das mãos enquanto ocorrem os impactos dos socos.
    • Protetor bucal: é essencial para evitar estragos nos dentes, cortes na boca e para proteger a mandíbula.
    • Luvas de foco aparador: são ideais para o treino de socos e aperfeiçoar golpes. O treinador é quem dá o comando para os socos. Essa luva serve para absorver o impacto dos socos na mão do treinador.
    • Corda de pular: serve para aperfeiçoar os trabalhos de pé e fortalecer os ombros.
    • Saco de pancadas: permite treinar a força dos socos, assim como melhorar a técnica. É bom para treinar combinações de socos.

    VAMOS ?! JAB NELES!